Patriots vão procurar OC, em negociações para estender Jerod Mayo

FOXBOROUGH, Massachusetts – Depois de uma temporada em que o New England Patriots caiu para o fundo do ranking da liga em várias categorias ofensivas importantes, o clube anunciou na quinta-feira que começará a entrevistar candidatos na próxima semana para ocupar o cargo de coordenador ofensivo.

Isso confirma que o técnico Bill Belichick, prestes a entrar em sua 24ª temporada, está se afastando da estrutura que implementou em 2022, na qual não nomeou um coordenador oficial.

Matt Patricia e Joe Judge desempenharam papéis de liderança na equipe ofensiva, com Patricia convocando as jogadas para o quarterback do segundo ano Mac Jones. O título oficial de Patricia era conselheiro sênior de futebol/linha ofensiva, e o título de Juiz era assistente ofensivo/zagueiro.

Os movimentos foram vistos por muitos como não convencionais, com a formação primária de Patricia como treinadora da NFL vindo na defesa e a de Judge em times especiais. Belichick compartilhou que sua crença era que um bom treinador transcende qualquer posição, embora após a temporada de 8-9 do time, ele reconhecesse que melhores resultados eram necessários em todas as áreas.

Esse foi particularmente o caso no ataque, onde os Patriots caíram notavelmente em várias categorias importantes de 2021 a 2022, depois que Josh McDaniels partiu para se tornar o treinador principal do Las Vegas Raiders.

Algumas dessas áreas incluíam:

  • Eficiência da zona vermelha: 11º (39 TDs em 63 viagens) a 32º (19 TDs em 45 viagens)

  • Terceira descida: 10º (43,5%) a 27º (34,8%)

  • Primeiras descidas: Empatado em 9º (362) a 28º (288)

  • Sacos: 8º (28 para 241 jardas) a 19º (41 para 279 jardas)

  • Touchdowns marcados: 48 a 31

Com Belichick definido para entrevistar candidatos a coordenador ofensivo, abre-se a possibilidade de que Patricia e Judge – cada um dos quais ganhou três Super Bowls como assistentes do Patriots e por quem Belichick tem grande respeito – possam ocupar outras funções na equipe.

O ex-técnico dos quarterbacks do Patriots e coordenador ofensivo Bill O’Brien (2009-2011), cujo contrato de dois anos como coordenador ofensivo da Universidade do Alabama está expirando, está entre vários candidatos que Belichick deve considerar.

Além da busca dos Patriots por um coordenador ofensivo, o clube também anunciou na quinta-feira que “iniciou discussões de extensão de contrato com [inside linebackers coach] Jerod Mayo que iria mantê-lo com a equipe a longo prazo.”

Mayo jogou oito temporadas pelo time (2008-2015) e acaba de concluir sua quarta temporada como auxiliar. Ele recebeu interesse de outras equipes para vagas de treinador principal, mais recentemente com o Carolina Panthers solicitando uma entrevista com ele, de acordo com Adam Schefter, da ESPN.

O Cleveland Browns também pediu para entrevistar Mayo para a vaga de coordenador defensivo nesta semana, disseram fontes a Schefter.

Leave a Comment