Mortes por câncer caíram 33% em 30 anos

As mortes por câncer nos EUA diminuíram 33% nas últimas três décadas, de acordo com um novo estudo da American Cancer Society.

O estudo – publicado na quinta-feira no CA: A Cancer Journal for Clinicians – estimou que isso resultou em cerca de 3,8 milhões de mortes a menos.

Depois de atingir o pico em 1991, a taxa de mortalidade por câncer continuou a cair nos últimos 30 anos devido à diminuição do tabagismo e à melhoria na detecção e tratamento do câncer, de acordo com o estudo.

Essa tendência continuou em 2020 – o ano mais recente para o qual há dados disponíveis – com outra queda de 1,5% nas taxas de mortalidade em comparação com 2019.

Duas vezes mais mortes foram evitadas entre os homens do que entre as mulheres – cerca de 2,6 milhões em comparação com cerca de 1,2 milhão – o que o estudo atribuiu a um pico mais alto e a um declínio mais rápido na taxa de mortalidade entre os homens. Os homens ainda têm uma taxa de mortalidade por câncer mais alta do que as mulheres, apesar dessa rápida queda.

Uma queda nas taxas de mortalidade por câncer de pulmão tem sido um fator específico dessa tendência, observou o estudo. No entanto, o câncer de pulmão continua entre as formas mais letais de câncer, mantendo a maior taxa de mortalidade para homens e mulheres.

O câncer foi a segunda principal causa de morte nos EUA em 2020, atrás das doenças cardíacas e seguido pelo COVID-19.

Leave a Comment