Jin, cantor do BTS, está pronto para começar o serviço militar na Coreia do Sul, diz fonte


Seul, Coreia do Sul
CNN

A estrela do K-pop Jin começará seu serviço militar obrigatório no próximo mês, confirmou uma fonte com conhecimento direto da situação na sexta-feira, depois que o cantor do BTS apelou aos fãs dedicados do supergrupo para ficarem longe de seu centro de treinamento do exército sul-coreano.

A fonte disse que a estrela de 29 anos, membro mais velho do BTS, entrará em serviço em 13 de dezembro na base militar de Yeoncheon, na província de Gyeonggi, no norte.

O serviço militar é obrigatório na Coreia do Sul, onde quase todos os homens aptos são obrigados a servir no exército por 18 meses antes dos 28 anos de idade.

O parlamento da Coreia do Sul aprovou um projeto de lei em 2020 permitindo que as estrelas pop – ou seja, aquelas que “se destacam na cultura e arte popular” – adiem seu serviço até os 30 anos de idade.

O serviço de Jin começará com um curso de treinamento básico de cinco semanas antes de ser designado para uma unidade, com base na prática padrão.

A mudança era amplamente esperada.

No mês passado, a gravadora do BTS disse que todos os sete membros do grupo planejavam prestar serviço militar e Jin – que completa 30 anos em 4 de dezembro – seria o primeiro a se alistar.

Na quinta-feira, Jin postou uma mensagem no aplicativo da comunidade de fãs Weverse, pedindo aos fãs que não visitassem o centro de treinamento militar para dar uma olhada nele em meio a relatos de seu alistamento iminente. Ele não negou os relatos do post.

“Relatos surgiram contra minha vontade, mas nossos ARMYs (fãs do BTS) não deveriam vir ao centro de treinamento”, escreveu ele. “Pode ser perigoso porque o lugar vai ficar lotado de muita gente além de mim que está vindo. ARMY, eu te amo.”

V, Suga, Jin, Jungkook, RM, Jimin e J-Hope do BTS comparecem ao Grammy Awards em Las Vegas em 3 de abril de 2022.

O BTS tem sido frequentemente comparado aos Beatles, chegando a quebrar um dos recordes da banda de rock inglesa com três álbuns nº 1 da Billboard em um único ano.

Sua devotada base de fãs se autodenomina o “BTS Army”, impulsionando sua música e vindo em sua defesa nas mídias sociais em 2019, quando o grupo foi excluído das indicações ao Grammy. Eles foram indicados para três prêmios Grammy em 2023.

Com o serviço militar se aproximando, o BTS disse em junho que daria uma pausa para buscar projetos solo. O grupo deve se reunir novamente em 2025, de acordo com sua gravadora.

Leave a Comment