Encalhe de baleias na Tasmânia: 200 baleias mortas, 35 continuam vivas



CNN

Cerca de 200 baleias morreram e apenas 35 permanecem vivas após um encalhe em massa na Austrália nesta semana, disseram equipes de resgate.

As baleias-piloto foram encontradas na quarta-feira encalhadas em uma praia exposta ao longo da costa da Tasmânia.

Os esforços de resgate estão em andamento para salvar as baleias restantes.

“Estamos focados principalmente nesta manhã em realmente entrar nessa operação de resgate e obter [the whales] lançado”, disse Brendon Clark, do Tasmania Parks and Wildlife Service, à Australia Broadcasting Corporation na quinta-feira.

“Estamos conscientes de que alguns deles podem voltar a encalhar e, portanto, estaremos monitorando isso.”

As equipes de resgate haviam estimado anteriormente que cerca de metade das baleias ainda estavam vivas.

Este é o segundo encalhe em massa de baleias ocorrido na Tasmânia nesta semana, depois que mais de uma dúzia de cachalotes, a maioria machos jovens e que se acredita serem parte do mesmo grupo de solteiros, foram encontrados mortos em outra praia.

Casos de encalhes de baleias têm confundido os cientistas marinhos por décadas.

O maior encalhe da Tasmânia foi em 2020, quando mais de 450 baleias-piloto foram encontradas.

Leave a Comment