As primeiras reações de ‘Thor: Love and Thunder’ chamam o filme de ‘vibrante e vívido’

As primeiras reações surgiram para o tão esperado “Thor: Love and Thunder”, de Taika Waititi, que teve sua estreia mundial em 23 de junho em Hollywood. As expectativas para a mais recente entrada do Universo Cinematográfico da Marvel são altas, considerando que o último lançamento de quadrinhos de Waititi, “Thor: Ragnarok”, é amplamente considerado um dos melhores filmes da Marvel.

Segundo jornalistas e críticos nas redes sociais, essas expectativas foram atendidas. O crítico de cinema Simon Thompson escreveu: “#ThorLoveAndThunder é uma explosão vívida e vibrante que entrega. O Thor de Hemsworth continua sendo uma joia na coroa da Marvel. O Gorr de Bale é um bicho-papão assassino que mistura o excêntrico e o assustador. Foster de Portman e Valkyrie de Thompson são uma dupla de alto nível. O Zeus de Crowe é o beijo do *chef.*”

A correspondente interna Kirsten Acuna concordou e elogiou especificamente o desempenho de Christian Bale como Gorr, escrevendo que ele é “fenomenalmente ameaçador” e “um dos vilões mais assustadores da Marvel que já vimos na tela”.

A crítica Courtney Howard elogiou a direção de Taika Waititi, dizendo que ele oferece “um espetáculo subversivo e irreverente” com “ótima história, apostas e construção de personagens”.

Alguns foram mais críticos ao filme, como o escritor sênior da Bro Bible, Eric Italiano, que geralmente gostava de “Love and Thunder”, mas disse que o enredo “parecia plano e sem estacas”.

Ambientado após os eventos de “Avengers: Endgame”, a mais recente sequência de “Thor” encontra o super-herói de Chris Hemsworth se unindo a Korg (dublado por Waititi), Valkyrie (Tessa Thompson) e Jane Foster (Natalie Portman) para parar Gorr, o Açougueiro de Deus. Bale) de eliminar todos os deuses. O retorno de Portman ao MCU gerou o maior burburinho para “Thor: Love and Thunder” antes de seu lançamento. Portman ficou de fora de “Ragnarok” e aparece no novo filme como Mighty Thor, que também a encontra empunhando o martelo místico Mjolnir.

“Em ‘Cisne Negro’, me pediram para ficar o menor possível”, disse Portman recentemente. Variedade para uma reportagem de capa. “Aqui, me pediram para ficar o maior possível. Esse é um desafio incrível – e também um estado de espírito como mulher.”

“Eu a vi interpretar o personagem cientista em ‘Thor’ 1 e 2, e parecia inútil fazer isso de novo”, acrescentou Waititi sobre trazer Portman de volta como um super-herói. “Esse personagem parece apenas um interesse amoroso. É uma mulher terráquea que corre por aí sendo mortal e não muito consequente.”

“Thor: Love and Thunder” estreia nos cinemas de todo o país no dia 8 de julho. Confira mais primeiras reações nos posts abaixo.

Leave a Comment