BMG está processando fabricante de brinquedos por transformar minhas corcundas em cocôs do Black Eyed Peas – Rolling Stone

no que é um O primeiro favorito para o processo mais idiota de 2023, o gigante da música BMG processou um fabricante de brinquedos alegando que uma paródia de música baseada em “My Humps” do Black Eyed Peas – intitulada “My Poops” e usada no marketing de uma linha de slime- cagando unicórnios – infringe os direitos autorais do hit de 2006.

A BMG Rights Management entrou com a ação no Tribunal Distrital dos EUA em Manhattan, alegando que a MGA Entertainment, fabricante dos brinquedos Poopsie Slime Surprise, exibiu “violação intencional de direitos autorais” e “explorou, sem autorização” quando a empresa de brinquedos transformou “My Humps” em “My Poops” para anunciar sua linha de produtos há mais de dois anos.

Aqui está o motivo de todo o alarido:

“My Humps”, conforme o processo obtido por Pedra rolando observa, “ganhou o Melhor Vídeo de Hip Hop no MTV Video Music Award de 2006” e, somando isso com seus 700 milhões de visualizações no YouTube e o status de single de sucesso, os réus “claramente tiveram acesso” à música. Após o lançamento de “My Humps”, a BMG alega que o fabricante de brinquedos “criou uma linha de produtos chamada Poopsie Slime Surprise”, que apresentava “uma boneca de unicórnio que excreta lodo brilhante”.

Para promover esse produto, “o réu criou uma música chamada My Poops que claramente copia e é substancialmente semelhante a My Humps”, afirma o processo, ao mesmo tempo em que faz comparações entre as letras das duas músicas, a linha de baixo e a inflexão de Fergie. em que “My Poops” é entregue.

(Os advogados da BMG não se referem a “My Poops” como paródia em todo o processo, pois a paródia é tecnicamente protegida pela Primeira Emenda. A paródia da música ofensiva provavelmente será o argumento mais contencioso se e quando o processo vai a julgamento.)

Tendência

Os advogados do BMG não responderam Pedra rolandopedido de comentário no momento desta publicação.

A BMG, ao argumentar que “My Poops” “desvalorizou licenças futuras” para “My Humps” – a ode de Will.i.am sobre ter muito lixo dentro do porta-malas e toda aquela bunda dentro do jeans – está pedindo $ 10 milhões em danos, como além de exigir que o fabricante de brinquedos “destrua todas as cópias” de “My Poops”.

Leave a Comment